Outubro Rosa e voluntariado

Outubro está chegando e os laços cor de rosa estão aparecendo…

Prédios, igrejas, monumentos, perfis nas redes socias, tudo rosa, lembrando e apoiando a causa do câncer de mama. Desde o meu diagnóstico de câncer de mama em 2015 meu olhar para o mês de outubro mudou totalmente. Fiz a cirurgia, quimioterapia, radioterapia e aplicações de trastuzumabe.

Ainda no período de tratamento, procurei uma instituição para oferecer serviços voluntários, a qual tem como missão promover, manter e restabelecer a saúde da mama. Senti a necessidade de oferecer serviços, ajudar e doar tempo para esta causa. Sou coach e queria aplicar as ferramentas para melhorar a qualidade de vida das pacientes.

A acolhida foi maravilhosa, mas o que mais me surpreendi é que eu me senti a vontade como se eu já conhecesse as pessoas que lá estavam. Me senti bem porque lá eu encontrei mulheres que passaram pelo que eu passei e outras que se dedicam e conhecem o câncer de mama. Informação e conhecimento de como lidar com esta causa.


Percebi que entrei para ajudar e fui muito ajudada. Pude compartilhar dúvidas, ansiedades e sentimentos com mulheres que tinham passado também pelo câncer de mama. Questionamentos e emoções que não conseguimos dividir com amigos e familiares, e não é que falte neles boa vontade. Talvez porque só quem passou consiga compreender.

É muito gratificante trabalhar com esta causa que agora também é minha. Ela me escolheu e acolheu.

Como voluntária me sinto inserida numa “corrente do bem” que ajuda as pacientes de câncer de mama a irem atrás de seus direitos, resgatarem alegria, automotivação e amor-próprio.

Ao ser voluntária percebi que as pacientes quanto mais ouvidas, acolhidas e respeitadas mais se sentem empoderadas para seguir o tratamento e conquistar seus objetivos e sonhos.

Do outro lado, quem é voluntário, evolui como ser humano, tem oportunidade de compartilhar, aprender e se transformar em alguém ainda melhor.

Hoje quando vejo o lacinho cor de rosa no meu peito, sinto orgulho de ser voluntária, de poder inspirar outras pessoas e de participar desta corrente do bem.

Outubro Rosa!

Ah o lacinho rosa… Hoje é Vida! É Vitória!

 


Elisabete Marques
Coach e Voluntária para a causa rosa
Porto Alegre, RS

 


Notice: Undefined variable: nome in /home/infomama/public_html/wp-content/themes/infomama2016/single.php on line 32