Livro: A Flor da Pele

Livro-objeto de Martha Estima Scodro traduz em fotografias uma jornada emocional


Uma câmera, uma lente macro na mão, uma ideia e um sentimento no peito. A soma destes elementos acalentou a criação de A Flor da Pele, livro fotográfico de Martha Estima Scodro.

Em 66 páginas, a autora constrói uma narrativa silenciosa, profundamente feminina, ao mesmo tempo forte e delicada, tendo as flores como objeto/sujeito de seu olhar peculiar e revelador. O resultado final é um livro-objeto artesanal, único. De imagem em imagem, a autora desfolha um momento difícil e transformador em sua própria história: o diagnóstico de um câncer de mama.

Para muitas mulheres, a experiência imposta pela doença resulta imediatamente em ação. Umas se engajam em atividades de apoio a outras mulheres que passam pelo mesmo desafio. Outras financiam pesquisas, lideram campanhas de esclarecimento. Mas a reação de Martha foi diferente: sua resposta/reação foi gestada no tempo. Seu gosto por flores e seu inegável senso estético traduziram, numa explosão colorida, a sua jornada de incerteza.

Martha usou uma lente macro para aproximar-se das flores a ponto de torná-las difusas, quase sem identidade, conferindo-lhes nova dimensão e natureza. Dobraduras e costuras dão outro significado não só à flor clicada, mas também à analogia primeira desta com a mulher. Flor-beleza, flor-receptáculo, flor-delicadeza, flor-reconstituída.

– Você faz uma biópsia, é analisada. É um pedaço seu, que se transforma em um todo. Mas, ainda é só um pedaço. E quem é você? E como te percebem? As flores desfocadas ao máximo incomodam o olhar; desnudas, perdem sua identidade, são densas, imperfeitas, surpreendentes e exageradas. Eu era uma mulher sob investigação constante e precisava investigar em outras mulheres o que procuravam em mim – explica Martha.

A Flor da Pele é uma espécie de poema visual. Sem versos, sem palavras – a não ser um poema de apresentação, na dobradura da capa – expõe, em suas imagens partidas, coladas e ressignificadas, a vida em sua plenitude e em sua imperfeição. O lirismo escorre na não-forma, no impactante caleidoscópio que faz das partes, um todo. É a tradução palpável de uma transmutação.

O livro é o primeiro fruto de um projeto de conteúdo que tem a mulher como tema e se desdobra em diversos suportes – fotografia, moda, música, design.  A renda do projeto é doada para instituições de apoio a mulheres com câncer de mama.

O livro teve o lançamento em novembro de 2016 na Livraria Argumento no Rio de Janeiro, em abril de 2017 em Nova Iorque na loja UMA de Rachel Davidowicz, em maio na loja CALU Home em Goiânia e em junho na Escola de Belas Artes Heitor de Lemos em Rio Grande, Rio Grande do Sul.

Prêmio: O livro ganhou o Prêmio Bornancini de Design concedido pela Associação dos profissionais em Design do rio Grande do Sul – APDESIGN – 1º lugar Design Gráfico Profissional Editorial.

 

Sobre a autora


Martha Scodro
é psicóloga. Mas também é escritora e fotógrafa amadora. Nascida no Rio Grande do Sul, na cidade de Rio Grande, estabeleceu-se no Rio de Janeiro e hoje vive no Rio e em Nova York. É coautora da Pesquisa aos 50: um estudo das reflexões de mulheres sobre a vida aos 50 anos. Coautora também na coletânea de contos Rio 7X7, onde sete autores narram, cada um, seu olhar sobre a cidade do Rio de Janeiro, lançado pela Editora Off Flip, em 2014. É criadora do Clube de Leitura Ex-Libris, que promove encontros para leitura dos mais variados títulos, dos clássicos aos contemporâneos.

As colaboradoras:

A designer Tita Nigrí se formou em design gráfico na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pós-graduada em Design Estratégico pelo Istituto Europeo di Design do Rio é, atualmente, mestranda em Design, Cultura e Artes da PUC-Rio, com pesquisa sobre o design do livro e suas possibilidades na atualidade. Há 20 anos cria projetos editoriais para Record, Objetiva, Ediouro e Rocco e para autores independentes, ministra cursos na Estação das Letras, no IED-Rio e em seu escritório.

A encadernadora Gabriela Irigoyen começou a se interessar pelos cadernos e livros como suporte para criar suas imagens em 2004. Dedica-se à encadernação artística, confeccionando sketchbooks para seu uso e para outros artistas. Em 2010 foi convidada pela Galeria Art & Design Barcelona para participar da coletiva Wallpaper Exhibition. Em agosto deste ano seu trabalho foi publicado pela editora Random House no livro Little Book of Book Making da autora Charlotte Rivers. Desde maio de 2015 faz parte do grupo de experts na área de encadernação/criação de livros do Grupo EduK.


Notice: Undefined variable: nome in /home/infomama/public_html/wp-content/themes/infomama2016/single.php on line 32