Cuidados com a saúde das mamas antes de colocar silicone

À medida que avança o conhecimento sobre o câncer de mama e sua relação com alterações genéticas, mais nos preocupamos com a saúde mamária nas pacientes submetidas à colocação de implantes de silicone.

Baseado na história da própria paciente e da sua família, é possível determinar o risco genético de desenvolver câncer de mama (baixo, moderado ou alto). De acordo com esta avaliação, determinam-se os exames pré-operatórios, a investigação e, até mesmo, a maneira mais segura de realizar o procedimento.

Se no passado o câncer de mama era uma preocupação apenas nas mulheres acima dos 50 anos, hoje, com o estudo do risco genético, todas os casos merecem uma avaliação individualizada. Além disso, a ecografia mamaria – exame mais frequentemente solicitado antes de implante mamário – pode não ser suficiente para avaliação em todos os casos, mesmo em pacientes muito jovens.

O risco genético está mudando uma série de conceitos sobre a prevenção do câncer de mama. As pacientes em avaliação para colocação de implante mamário (prótese de silicone) precisam conversar com seu médico sobre seu risco individual, pois isso vai determinar o tipo de exame imagem (ecografia, mamografia, ressonância magnética), bem como outras avaliações especializadas (mastologista, oncologista, geneticista).

Pensando em aumentar as mamas? Procure uma avaliação realmente completa! Mantenha sua mama bonita e saudável!

 


Rafael Netto
Cirurgião Plástico
Porto Alegre, RS

 

Referências
1. https://www.nccn.org/professionals/physician_gls/PDF/genetics_screening.pdf
2. 
McInerney. Breast Cancer Genetics for Plastic Surgeons. Plast Reconst Surg 140(3):455-460, 2017

 

 


Notice: Undefined variable: nome in /home/infomama/public_html/wp-content/themes/infomama2016/single.php on line 32